quinta-feira, fevereiro 05, 2009

Eterno Aprendiz

Recolho minhas anotações e vejo-as tão embaralhadas quanto a minha vida e a razão de se viver.

A minha sinceridade e as minhas convicções estão espalhadas pelos cantos do quarto.

O sonho de respirar novidades, o ânimo de continuar provando...

Às vezes, a busca constante pelo ineditismo das coisas nos ofusca a verdade que está diante de nossos olhos: nós é que temos que nos reinventar sempre. Nós é que temos de enxergar as coisas por um novo ângulo. Pensar diferente.

Talvez isso amenize o nosso sofrimento e nos alerte para o que realmente interessa. Nascer diariamente.

Um comentário:

Fabiana disse...

Nossa, esse foi profundo. Pensei na gente, juntos, se reinventando. T Amo, Fabi